Segmento Meeting Industry recua no Algarve

25 10 2010

Digital Mais_Segmento de Meeting Industry recua no Algarve

Anúncios




Especialistas unem-se para dar novo «fôlego» aos resorts em dificuldades – in VI News Resorts

25 10 2010

Numa altura em que a debilidade da saúde financeira de alguns dos resorts portugueses é uma das principais ameaças ao desenvolvimento do mercado, um grupo de especialistas na área da consultoria estabeleceu uma parceria inédita em Portugal para dar um novo fôlego a esses projectos.

Só em dez resorts de golfe na região do Algarve, a exposição à divida bancária já ultrapassa os 1.100 milhões de euros hoje, avança o ILM Group que através da sua participada VHM Asset Management, juntou-se à Baker Tilly Portugal e à Vision Hospitality Asset Management, e constitui a «Star Partnership».

Esta associação irá dedicar-se ao reposicionamento dos projectos imobiliários residenciais turísticos face à conjuntura da económica actual e dada a realidade dos mercados turísticos, procurando recuperar
o investimento já feito. Paulo André, da Baker Tilly Portugal, este acordo irá permitir «concluir a eventual necessidade de um plano de reposicionamento e reestruturação, ou mesmo de refinanciamento» de um projecto residencial turístico.

«É fundamental esta parceria no momento actual», diz Andrew Coutts, CEO da ILM, para quem «esta é uma oportunidade chave para reposicionar e ajustar a oferta». A Banca é um dos principais «alvos», até porque «a situação gerada pelo elevado valor dos financiamentos bancários atribuídos nos últimos anos aos activos imobiliários turísticos, nomeadamente resorts que actualmente estão numa situação precária decorrente das quebras da procura e da falta de confiança generalizada, resultou de um peso do crédito mal parado para estas instituições de financiamento, e que tem de ser recuperado rapidamente», conclui.





STAR Partnership Oficialmente Apresentada no Fontana Park Hotel

14 10 2010

Segundo Andrew Coutts da ILM “a situação gerada pelo elevado valor dos financiamentos bancários atribuídos nos últimos anos aos activos imobiliário turísticos, nomeadamente resorts, actualmente em situação precária devido às quebras da procura e da falta de confiança generalizada, resultou num peso bilionário de crédito “mal parado” para estas instituições de financiamento e que tem de ser recuperado rapidamente” evidenciando “a necessidade de uma nova abordagem estratégica aos fundamentos do negócio deste tipo de activo turístico

Uma necessidade respondida pela “STAR PARTNERSHIP”, parceria entre a VHM Asset Management do Grupo ILM, a Baker Tilly Portugal e a Vision Hospitality Asset Management (Londres), através de uma análise criteriosa e operacional customizada de activos imobiliário turísticos/resort, hoteleiros ou de lazer como por exemplo um campo de golfe.

a abordagem de re-engenharia inerente ao processo de diagnóstico STAR vai permitir concluir entre outras coisas a eventual necessidade de um plano operacional de reposicionamento e reestruturação, ou até mesmo de refinanciamento, servindo neste caso como ferramenta chave na procura de um novo “tenant” para o negócio. O conhecimento e experiência operacional dos profissionais seniores que integram o STAR é uma mais valia única no mercado” acrescenta Paulo André da Baker Tilly Portugal.

Em causa está a re-análise, re-engenharia, recuperação ou refinanciamento de qualquer tipo de activo turístico, resort ou hoteleiro em situação difícil e a necessitar de optimização ao nível operacional com visão para analisar oportunidades de reestruturação do negócio e de implementação de usos alternativos com maior rentabilidade.

Ben Godon, reconhecido especialista internacional em Hotel Asset Management e interlocutor, enquanto director e sócio, da Vison Asset Management na parceria, reforça que “em certos casos a equipa de gestão em funções poderá mesmo precisar de ser complementada ou reforçada, recorrendo a um mandato de gestão interina de curto prazo”.

Os administradores, sócios e executivos que compõem a STAR PARTNERSHIP são todos “seniores” com uma experiencia operacional elevada e especializada no sector de actividade do “hospitality”, lazer e imobiliário turístico. Para complementar esta equipa executiva, o STAR reúne também um grupo de “expert associates”, entre os quais Domingos da Silva – ex CEO Quinta do Lago, Luis Fernandes – ex CEO Vila Vita Park, Pedro Murta/Cristina Almeida – Partners Drive, Russel Bragg – CEO Premier Resorts. Além destes e mediante o projecto em curso são criadas “TASK‐FORCES e THINK TANK GROUPSem distintas áreas de especialidade como: reestruturação financeira, marketing estratégico e vendas para imobiliário, “interim management” de resorts, golfe operações, reposicionamento de hotéis.

A VHM ASSET MANAGEMENT, área de negócio do ILM Group resultou da oportunidade de mercado de gestão e monitorização de hospitality assets, identificada pelo trabalho de consultadoria da ILM e das relações estabelecidas com investidores e promotores daquele tipo de activo.

Os serviços VHM ASSET MANAGEMENT, centram-se no Business Planning, no controlo e monitorização da performance operacional, económica e financeira, na negociação de contratos de gestão / franchise, na definição de orçamentos operacionais, na análise de re-investimento e reconversão, na análise de vendas, na análise de risco, no Plano de Marketing e Benchmarking.

A Baker Tilly Portugal, organização multidisciplinar especializada nas areas de Assurance , Tax , Outsourcing, Consulting , Corporate Finance e Transactions. A Baker Tilly Portugal assegura um leque global de competências e capacidades financeiras, contabilísticas, fiscais, entre outras, de âmbito multidisciplinar e complementar, com objectivo de transformar o conhecimento em valor, visando o benefício dos nossos clientes e das nossas pessoas.

Única em experiência, única em capacidade, a Vision Hospitality Asset Management é lider de mercado em gestão e consultoria de gestão de activos turísticos, independentemente aconselhando investidores, promotores, proprietários, e operadores por toda a Europa e Médio Oriente.
Responsável pela gestão de mais de 180 activos (perfazendo 27.000 quartos) por todo o mundo, a Vision possui uma posição privilegiada de conhecimento de mercado, que lhe permite fornecer consultoria imparcial e independente que irá permitir crescimento do activo, melhoramento do cash-flow e retornos a longo tempo.

Para mais informação por favor consulte a apresentação STAR clicando aqui

A Equipa STAR agradece o apoio do Fontana Park Hotel





Apresentado o Algarve Meeting Industry Market Survey 2010

11 10 2010

Pelo segundo ano consecutivo a ILM Advisory e a Associação de Turismo do Algarve desenvolvem em parceria uma análise à performance do produto estratégico Turismo de Negócio, denominada Algarve Meeting Industry Market Survey 2010.

A sessão de apresentação do estudo contou com a presença de Nuno Aires, Presidente da Associação de Turismo do Algarve, bem como outras personalidades do Turismo nacional, ficando a apresentação dos resultados do a cargo de Andrew Coutts e Gonçalo Garcia da ILM Advisory, entidade parceira no desenvolvimento desta iniciativa.

Para Nuno Aires, as conclusões do estudo a apresentar vão permitir “compreender melhor as alterações sofridas no âmbito do produto turístico estratégico MI, e o seu desempenho a nível regional”. Nuno Aires ressalta ainda que “a colaboração e apport das diversas entidades e especialistas, que forneceram importante informação, consubstanciou a pesquisa e análise de mercado efectuada pela ILM, que se traduz numa importante ferramenta de consulta e trabalho para as empresas do sector e para o Turismo do Algarve, face aos resultados e indicadores apresentados, que são em boa medida aquilo que seria expectável face à concorrência e à retracção no investimento.”

Num momento em que o turismo sofre profundas alterações ao nível da oferta, da procura e dos canais de distribuição, as implicações são óbvias em matéria do circuito de comercialização. A actual conjuntura económica, obriga a que sejamos cada vez mais empreendedores, criativos e inovadores, para fazer face à nova procura de mercado, competitivo por natureza. Segundo o Presidente da Associação de Turismo do Algarve “torna-se imperioso que tenhamos a noção exacta de onde nos situamos, para que possamos definir a estratégia de abordagem a um segmento de mercado tão importante como seja o MI”.

Sendo o Meeting Industry (MI), tendencialmente, um dos produtos do PENT (Plano Estratégico Nacional do Turismo), que mais contribui para o esbatimento da sazonalidade, apresentando um forte potencial de crescimento, quando confrontados com uma quebra, face a anos anteriores, fruto da desaceleração económica que obrigou as empresas a reduzir drasticamente os custos em incentivos, acções de marketing empresarial, e outras actividades corporativas organizadas em destinos turísticos como o Algarve, é obrigatório avaliar a situação, para agir assertivamente.

O estudo a apresentar vem dar continuidade ao trabalho iniciado no ano transacto com a realização da primeira monitorização do segmento Meeting Industry no Algarve.

Como principais conclusões, salienta-se o surgimento moderado de novas instalações para a exploração do segmento Meeting Industry com localização nos concelhos identificados pelos DMC’s nacionais – aquando da realização do Algarve Meeting Industry Market Survey 2009 – como regiões com elevado potencial para a exploração do segmento, e a inexistência de uma mudança significativa no perfil do consumidor assim como nas motivações e critérios de decisão pelo destino Algarve, face à análise efectuada anteriormente.

A indústria farmacêutica manteve a sua predominância, em termos de sector de actividade que mais recorre ao consumo de produtos Meeting Industry, seguido da “Banca e Seguros”.

No comparativo anual assistiu-se a uma redistribuição da dimensão dos grupos, tendo os grupos de maior dimensão dado lugar a grupos de dimensões mais reduzidas, observando-se de forma transversal o aumento no número de grupos de menores dimensões, seguindo uma vez mais a tendência mundial instalada para grupos de menores dimensões.

O estudo analisa ainda variáveis como a nacionalidade, a distribuição, sazonalidade, motivações, duração dos eventos, preços médios praticados, % do segmento MI no volume total de negócios e concorrência.
Algarve Meeting Industry Market Survey 2010





Turismo 2.0 – Oportunidades e Desafios para a Madeira

1 10 2010

MADEIRA a caminho do turismo 2.0 com o apoio da Optimus! A não perder!

A conferência organizada pela Turismo 2.0 (www.quickwinsolutions.com) promete debater temas como “Quais as novas tendências da procura, e implicações para a Madeira e seus agentes turísticos?”, “Quais as principais tendências de evolução do turismo online na Europa? Como estarmos preparados?” e “A Web 2.0 e a hotelaria: uma perspectiva de terreno de um hoteleiro local”.

Um grande e muito profissional evento que contará com a participação 8 oradores nacionais e internacionais entre os quais Miguel Júdice, CEO do Grupo Lágrimas, Gonçalo Garcia, Analyst ILM Advisory, Barbara Pezzi, Directora de Comércio Online da Fairmont Raffles Hotels, entre outros.





Dia Mundial do Turismo

27 09 2010

Museu do Côa

A ILM celebra o Dia Mundial de Turismo desejando um futuro turístico repleto de confiança, de qualidade, de profissionalismo, de paixão, de integração entre produtos, destinos e sectores, de visão para o futuro, de respeito pelas necessidades individuais de cada turista, pela autenticidade local, cultura, história, estórias e ambiente, de diferenciação, de serviço, de resultados, de sustentabilidade e de SUCESSO.

Não esquecendo nunca que o Turismo resulta da integração de um conjunto de sectores e é cada vez mais um movimento individual de um número crescente de pessoas, provenientes de qualquer parte do mundo, que visitam um determinado destino pelas mais diversas motivações.





ILM avança com o desenvolvimento da 2ª edição do Algarve Hotel Research Note

24 09 2010

Leading Sustainable Tourism2

No seguimento do sucesso da edição de 2009 da “Algarve Research Note – Hotéis 5 estrelas”, a ILM Advisory, pelo 2º ano consecutivo, toma a iniciativa de analisar de forma independente os “key performance indicators (KPI’s)” do sector hoteleiro 4* e 5* do Algarve, daquele que foi considerado por muitos um dos verões mais ameaçadores à actividade turística.

A edição “Algarve Hotel Performance 2010 – ILM Advisory Research Note” deverá não só traçar a performance dos hotéis 4 e 5 estrelas, bem como estabelecer um comparativo com igual período de 2009, e compreender quais as expectativas dos directores hoteleiros para o último quadrimestre do ano e de 2010 em geral.

Como “pontapé de saída” à iniciativa, a ILM reuniu Directores Gerais dos Hóteis e outras figuras do sector turístico e hoteleiro Algarvio, na passada terça-feira, num evento que teve lugar na Quinta do Barranco Longo, Algoz.

Além do já habitual networking, este encontro fomentou o debate sobre a importância que o tipo de informação que a ILM propõe desenvolver tem para o sector.